Dito Silva

Dito Silva

 

Foram realizados hoje (22), os jogos de ida pela semifinal do Troféu Imprensa José Costa/Arena Sports da Lifac. Jogando em casa o Brasilândia venceu D´Napoli de Cascavel e abriu vantagem enquanto Perobal e Cafelândia ficaram no empate. Os jogos de volta serão no próximo domingo (29), quando serão definidos os finalistas do certame que distribui R$25 mil em premiação.

Brasilândia 2x0 D´Napoli
Jogando no Estádio Luis Carlos Barbosa a equipe do Brasilândia venceu o D´Napoli de Cascavel por 2x0 com transmissão da equipe Líder da Vale Verde FM. No segundo confronto pode até perder por um gol de diferença que garantirá a vaga. O D´Napoli terá que vencer por dois gols de diferença para decidir nos pênaltis ou abrir três para conseguir a vaga no tempo normal.

Perobal 2x2 Cafelândia
Atuando no Estádio Beija Flor o Perobal chegou abrir 2x0 contra o forte Cafelândia, mas o atual campeão conseguiu empatar e deixar tudo igual para o segundo confronto. Na partida de volta novo empate leva a decisão para os pênaltis enquanto quem vencer garante presença na final.

 

Autoridades da Polícia Militar confirmaram por volta das 14h30 deste domingo que um dos corpos encontrados entre os destroços de um pequeno avião que caiu por volta 11h30 no município de Paula Freitas, na região Sul do Paraná, é do deputado estadual Bernardo Carli (PSDB), de 29 anos. O avião em que Bernardo viajava caiu no limite da cidade com Irineópolis, no Norte de Santa Catarina, em região de difícil acesso.
Comandante da operação de buscas, o major Renato dos Santos Taborda, da PM, confirmou que dois corpos foram encontrados. "No avião monomotor estava ele (Bernardo Carli) e mais dois pilotos. Tem dois corpos e um terceiro ainda não foi identificado. Não podemos ainda confirmar a identidade do deputado, nem de quem são os corpos encontrados. O suporte aéreo está a caminho e equipes dos Bombeiros, do Gost, e da PM já estão no local. O avião caiu em área de mata, em uma via para entrar no trajeto para o aeroporto de União da Vitória. O avião bateu em árvores. Testemunhas escutaram o barulho da batida", afirma o major.
O deputado Hussein Bakri participaria do mesmo evento que Bernardo neste domingo. Segundo ele, as pessoas aguardavam a chegada de Bernardo quando receberam a notícia do Comando da PM.
"Estávamos em União da Vitória, na Festa do Motorista, e estavam esperando por ele que não chegava. Ele estava sendo aguardado. O Major Taborda, da PM, está comandando a operação e confirmou que dois corpos foram encontrados e um está sendo procurado. O avião caiu no meio do mato, na cabeceira da pista lá na região de Paula Freitas", conta Bakri.

Narley Resende

A Caixa Econômica Federal realizou neste sábado (21) o concurso 2.061 da Mega-Sena. Os números sorteados foram: 33 - 36 - 40 - 44 - 45 - 54. Ninguém acertou as seis dezenas, e o prêmio está estimado para R$ 72 milhões no próximo sorteio.

A estimativa de prêmio era de R$ 62 milhões.

A Quina teve 93 apostas ganhadoras, e cada vencedor receberá R$ 45.677,31. Outras 6.899 pessoas acertaram a Quadra, com prêmio de R$ 879,62 para cada.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

 

A Caixa Econômica Federal realizou neste sábado (21) o concurso 2.061 da Mega-Sena. Os números sorteados foram: 33 - 36 - 40 - 44 - 45 - 54. Ninguém acertou as seis dezenas, e o prêmio está estimado para R$ 72 milhões no próximo sorteio.

A estimativa de prêmio era de R$ 62 milhões.

A Quina teve 93 apostas ganhadoras, e cada vencedor receberá R$ 45.677,31. Outras 6.899 pessoas acertaram a Quadra, com prêmio de R$ 879,62 para cada.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

 

Na tarde deste domingo, 15, O Brasilândia do Sul, goleou a equipe do Anahy pelo placar de 5X0 e assim passou para as semifinais do Troféu Imprensa/José Costa/Arena Sports, o Amador da Liga de Futebol de Assis Chateaubriand.

Na primeira partida as equipes tinham empatado em 2x2 e jogando em casa a equipe do Brasilândia do Sul passou fácil pelo adversário. Já no primeiro tempo fez dois gols e no segundo ampliou fazendo mais três.

O Anahy até que tentou uma reação, tendo a seu favor uma penalidade, mas o goleiro “Chupa Cabra” do Brasilândia do Sul conseguiu defender e logo depois a equipe do Anahy teve a expulsão de um dos zagueiros e aí não conseguiu reverter o placar.

A equipe do Brasilândia do Sul vai enfrentar ACEC/SEAC ou D’napolli de Cascavel, que jogam na próxima quarta-feira, 18, no Estádio Djalma Pina em Cafelândia. No primeiro jogo o D’napolli, venceu por 4X2 e agora o ACEC/SEAC se quiser seguir na competição precisa vencer o jogo fazendo o resultado superior a 3 gols, ou fazer dois e levar o jogo para as penalidades.

 

Domingo, 15 Julho 2018 15:59

França vence a Croácia e garante o bi

Os franceses voltam ao topo do mundo. Em uma decisão com gol contra e uso do VAR inéditos em finais de Copa, além de invasão de gramado por um grupo radical russo, a França derrotou a Croácia por 4 a 2, neste domingo, no Estádio Olímpico Lujniki, em Moscou, e conquistou o título mundial de futebol pela segunda vez na história. Mandzukic (contra), Griezmann, Pogba e Mbappé fizeram os gols da equipe azul, enquanto Perisic e Mandzukic, este se aproveitando de uma falha bizarra do goleiro e capitão Lloris, descontaram para a Croácia.
A festa de entrega de medalhas ficou marcada pela chuva que despencou no estádio Lujnik. Presidentes da Fifa, da Rússia, da França e da Croácia ficaram encharcados como os jogadores. Na festa da taça, as lágrimas quase se esconderam com a chuva.
Desde a Copa de 1958, que terminou 5 a 2 para o Brasil em cima da Suécia, que uma final de Copa não tinha tantos gols em 90 minutos. Embora em 1966 a Inglaterra tenha vencido a Alemanha pelo mesmo placar de 4 a 2, dois gols ingleses saíram na prorrogação. O resultado iguala as finais de 1930 (Uruguai 4 x 2 Argentina) e 1938 (Itália 4 x 2 Hungria).
Com este título, o francês Didier Deschamps se igualou a Mário Jorge Lobo Zagallo e Franz Beckenbauer como campeões tanto como atletas e como treinadores. O brasileiro foi campeão como jogador em 1958 e 1962, e como treinador em 1970. O alemão carregou a taça em 1974, como jogador, e em 1990, como técnico.
O meia Luka Modric foi escolhido pela Fifa como o melhor jogador da Copa do Mundo de 2018. O francês Kylian Mbappé levou o troféu de revelação, e o belga Thibaut Courtois foi escolhido o melhor goleiro.

Griezmann, melhor da final, conduz França ao título: participação em seis dos sete gols desde as quartas
Antoine Griezmann demorou para mergulhar na Copa do Mundo. Mas quando mergulhou, foi com tudo. Com exceção do gol de Mbappé, o quarto contra a Croácia neste domingo, o atacante participou de todas jogadas que resultaram em bolas na rede para a França a partir das quartas de final – ou dando a assistência, ou fazendo o gol. Foi eleito pela Fifa o melhor em campo.
Neste domingo, na final, ele sofreu a falta duvidosa e fez a cobrança que resultou no gol contra de Mandzukic. Em seguida, bateu o pênalti do segundo gol. Depois, deu a bola para Pogba marcar o terceiro.
– Não sei nem onde estou, estou muito feliz. Foi um jogo muito difícil, começamos um pouco tímidos, sabíamos que era uma final de Copa do Mundo. Depois conseguimos fazer a diferença – disse ele logo depois da partida.
Antes, nas semifinais, diante da Bélgica, Griezmann já havia sido decisivo. Foi dele a assistência, em cobrança de escanteio, para o gol de Umtiti, de cabeça.
A sequência começou ainda antes, nas quartas de final, contra o Uruguai. Griezmann bateu a falta do primeiro gol, de Varane, e depois fez o segundo, em chute de fora da área que o goleiro Muslera aceitou.
Com isso, Griezmann repete o roteiro da Eurocopa de 2016. Depois de uma primeira fase discreta, ele explodiu na reta final e comandou a equipe francesa até a decisão – o que incluiu dois gols marcados sobre a Alemanha na semifinal. Naquela vez, porém, perdeu o título para Portugal na decisão.

TEXTO e FOTOS: Globo.com

A cada fase que a Croácia avançava nesta Copa, a pergunta se repetia: vai superar a geração de 1998, que chegou ao terceiro lugar na Copa da França? Nesta quarta-feira, a resposta veio. Com uma vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra, após a terceira prorrogação seguida, a seleção xadrez desta vez não precisou dos pênaltis para se classificar para a primeira final da sua história - Mandukic fez o gol da virada no começo do segundo tempo da prorrogação. Trippier abriu o placar de falta no primeiro tempo, mas Perisic igualou no segundo. Agora, a Croácia vai enfrentar a França, domingo, na grande decisão, tentando evitar o bicampeonato do adversário, e buscando colocar mais um campeão inédito na galeria das Copas. O duelo terá sabor de revanche: foi diante dos franceses que os croatas caíram nas semifinais de 98.
Os horários das decisões do título e do terceiro lugar serão diferentes. No sábado, às 11h (de Brasília), em São Petersburgo, o Bélgica e Inglaterra jogam para decidir quem fica com o simbólico bronze. E no domingo, ao meio-dia, no mesmo Estádio Olímpico Lujnik desta semifinal, França e Croácia decidem quem fica com o título da 21ª Copa do Mundo.
Até agora a Copa teve 62 jogos, 166 gols marcados com média de 2,67.

Dez candidatas concorrem ao título de Princesa das Orquídeas 2018, que representará o Município de Maripá na 20ª Festa das Orquídeas e do Peixe e em eventos oficiais até o próximo ano. A escolha acontece neste sábado (14), durante o tradicional Café Colonial. O evento terá início às 16h e será realizado no Centro de Eventos.
As candidatas desta edição são: Adriele Strelow, Ana Clara Maurina, Andressa Luiza Jacoby, Bárbara Delling, Beatriz Cristina da Cruz, Karolina Krupp, Lucimara Taina Engelmann Lucht, Maria Valentina Schweig Baú, Pietra Cristina Scussel, Vitória Eloísa Brendler Quaglio.
As meninas tem entre 9 e 10 anos. Além do título maior de Princesa das Orquídeas, cada candidata encerra o desfile com um título: Princesa da Alegria, do Charme, da Delicadeza, da Elegância, do Encanto, da Inocência, da Meiguice, da Simpatia e da Ternura. Durante o desfile individual e coletivo, as candidatas são avaliadas pelos jurados, que atribuem notas em diversos quesitos e sugerem o título que mais se aproxima com a personalidade de cada uma.

INGRESSOS - Os ingressos são limitados e estão a venda nos seguintes locais: em Maripá na Loja São Roque, Casa do Artesão, Loja Gold Haus e na Prefeitura; na Subprefeitura de Candeia; na Panificadora em Pérola Independente; e em Palotina na Farmácia Santo Antônio Filial 4. O ingresso adulto será vendido a R$ 35,00 antecipado e R$ 40,00 na hora. O infantil - de 4 a 11 anos – será R$ 20,00 e permanece o mesmo valor no dia do evento.
Quem tiver interesse também pode fazer a reserva de mesa pelo telefone (44) 3687-1262 ou pessoalmente, na Prefeitura de Maripá. Cada mesa possui lugar para oito pessoas. Para garantir a reserva, é necessário adquirir as fichas antecipadamente e estar presente no evento até às 17h. Depois deste horário, a mesa será liberada para outros visitantes.

GATRONOMIA - O Café Colonial Maripá traz em seu Buffet uma grande variedade de pratos doces e salgados para agradar todos os gostos. Os pratos são produzidos em sua maioria, por pessoas do próprio município, visando à valorização dos produtores locais. O cardápio conta com bolos, pães, cucas, bolachas, tortas, strudell de queijo, salgadinhos, linguiça, morcilha, pavês, geleias entre outros.
De acordo com a coordenadora, Janaína Müller Geraldi, o Café Colonial oferece uma grande variedade de pratos doces e salgados para agradar todos os gostos. “Os pratos são produzidos, em sua maioria, por pessoas do próprio município, visando à valorização dos produtores locais e, desde já, convidamos a toda comunidade e população das cidades vizinhas para prestigiarem o evento”, destaca.
Os visitantes também poderão degustar o prato típico da cidade: o Peixe Assado na Grelha, Desossado e Recheado, que será servido no momento do lançamento da 20ª Festa das Orquídeas e do Peixe.

FESTA DAS ORQUÍDEAS E DO PEIXE - O Café Colonial é o ponto de partida para a Festa das Orquídeas e do Peixe. A 20ª edição do evento será lançada oficialmente durante o Café Colonial, reunindo toda a Comissão Central Organizadora (CCO). A festa será realizada nos dias 24, 25 e 26 de agosto, no Centro de Eventos.
As principais atrações musicais já estão definidas. Na sexta-feira, dia 24, haverá show com André & Felipe - a maior dupla sertaneja gospel do Brasil - e em seguida, João Bosco & Vinícius. No sábado, dia 25, o show será com Fernando & Sorocaba. Todas as atrações são gratuitas. “A Festa das Orquídeas e do Peixe está completando 20 anos e a proposta foi trazer mais atrações para comemorar esta data importante para o Município de Maripá. As pessoas que participaram da criação da festa, em 1998, possivelmente não imaginavam que ela tomaria tamanha proporção e chegasse a trazer para Maripá mais de 50 mil pessoas em apenas três dias, como foi no ano passado. Estamos atentos a cada detalhe para promover um evento com atrações variadas e com a máxima organização para receber bem todos que nos visitam”, ressalta o presidente da CCO, Rodrigo Schanoski.
Além dos shows gratuitos também haverá muitas atrações no Palco Cultural durante todo o evento e as atrações tradicionais que compõem a programação da festa continuam. Entre elas a exposição e feira de orquídeas, feira da aquicultura, feira da indústria, comércio, artesanato e sabores, café colonial, refeições a base de peixe, praça de alimentação, Seminário Estadual da Piscicultura, Rodeio do Bagre Ensaboado, Matinê da Melhor Idade, Concurso do Peixe Assado na Grelha, Desossado e Recheado e o Curso de Cultivo de Orquídeas.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (10) uma emenda que dá isenção do pagamento de contas de luz de até 70kWh por mês a famílias de baixa renda.

O artigo foi incluído no projeto de lei que destrava a venda de seis distribuidoras da Eletrobras. O texto ainda tem que passar pelo Senado e depois ir para sanção presidencial.

Hoje, a Tarifa Solidária dá descontos escalonados de acordo com a quantidade de consumo. Com 30kWh por mês, é de 65%, até chegar a 10% com o gasto de 220kWh por mês.

Além disso, pela lei atualmente em vigor, apenas quilombolas e indígenas têm direito à isenção de 100% na conta de luz de até 50kWh por mês.

Com a nova redação, a isenção total passa a atingir todas as famílias com renda mensal per capita de até meio salário mínimo.

De acordo com o relator da proposta, Julio Lopes (PP-RJ) afirmou que a medida não trará custo adicional para o governo, e que teria sido acordada com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Lopes respondia a questionamento do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). "Eu preciso que alguém me informe nessa emenda qual o impacto no orçamento do governo", afirmou o parlamentar durante a votação.

Pelo projeto, a conta será custeada pela CDE (Conta de Desenvolvimento Energético).

A medida, porém, deve ter dificuldade para ser aprovada antes das eleições, já que depois do recesso parlamentar, que começa na próxima semana, os parlamentares devem se voltar para o pleito.

Também foi incluído no texto mudança no programa Luz Para Todos em regiões isoladas do país. De acordo com a emenda, em lugares remotos o atendimento de pedidos de ligação será de graça para quem tiver consumo estimado de até 80kWh por mês.

A isenção foi aprovada no meio de projeto cujo objetivo é privatizar as distribuidoras controladas pela estatal no Acre, Alagoas, Amazonas, Piauí, Rondônia e Roraima. A operação abre caminho para futura venda da Eletrobras ao setor privado.

Termina nesta sexta-feira (13) o primeiro semestre letivo para cerca de 1 milhão de alunos matriculados na rede estadual de ensino do Paraná. Os alunos das 2.150 escolas estaduais estarão em recesso de 16 a 29 de julho, totalizando duas semanas sem aulas. No dia 30 de julho, segunda-feira, começam as atividades escolares do segundo semestre letivo para os alunos.

Para os professores e funcionários, entretanto, o recesso será de 16 a 25 de julho. Nos dias 26 e 27 acontecerá a segunda parte da Semana Pedagógica.
O calendário escolar pode sofrer alterações em algumas unidades, devido a feriados municipais e situações pontuais. Essas modificações devem ser homologadas pelos Núcleos Regionais de Educação e Secretaria de Estado da Educação. Os pais ou responsáveis pelos estudantes serão informados pelas próprias escolas.
Está disponível para download o calendário da rede estadual: www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/calendario/calendario_escolar_2018.pdf

LDB – De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), o ano letivo consiste em uma carga horária mínima anual de 800 horas distribuídas em um mínimo de 200 dias letivos. 

A falta de chuvas no primeiro semestre deste ano, associada à baixa umidade do ar, provocou o aumento de focos de incêndio no Estado. De acordo com dados do Corpo de Bombeiros do Paraná, foram 3.793 casos nos seis primeiros meses deste ano, ante 2.516 registrados no mesmo período de 2017 – aumento de 44%. As cidades com maior incidência de focos no período foram Paranavaí, com 391 registros, e Maringá, com 298, ambas localizadas no Noroeste do Estado. Apucarana, no Vale do Ivaí, vem logo em seguida, com 232. Curitiba registrou 214 ocorrências.

De acordo com o Simepar, não há previsão de chuvas para o Noroeste nos próximos 15 dias, o que pode agravar ainda mais a situação. “As chuvas desta época do ano são provocadas basicamente por frentes frias, mas não há nenhuma sobre a região neste momento”, disse o meteorologista Tarcísio Valentim da Costa. A capitã do Corpo de Bombeiros do Paraná, Rafaela Diotalevi, explicou que quando chove menos o mato fica mais seco e, consequentemente, existe maior probabilidade de incêndios ambientais. Os focos, no entanto, não são provocados apenas por causas naturais.

“Os seres humanos costumam jogar lixos com cacos de vidros em áreas urbanas, principalmente em terrenos baldios, e isso pode gerar novas queimadas”, disse ela. O vidro, em contato com o sol, é um dos principais causadores das queimadas dentro das cidades.

PRECAUÇÃO

O Corpo de Bombeiros tem algumas recomendações para evitar novos focos de incêndios, como não colocar lixos em terrenos baldios, não soltar balões e não jogar bitucas de cigarros perto de rodovias, principalmente nas regiões com mata.
Caso alguém presencie outra pessoa colocando fogo sem autorização, o órgão alerta que é preciso ligar imediatamente para o telefone 193 e fazer uma denúncia. Há equipes disponíveis 24 horas por dia para atender as demandas.
“Provocar incêndios sem a devida autorização, seja em florestas ou em centros urbanos, é considerado crime ambiental, e pode gerar multa e detenção de até quatro anos”, afirmou Rafaela.


HISTÓRIA

A preocupação com incêndios florestais entrou na pauta da política local e nacional em 1963, ano em que o Paraná foi palco do pior incêndio já registrado na história do País. Ao todo, 128 municípios dos Campos Gerais e das regiões Central e Norte foram atingidos, cerca de 10% do território do Paraná foi consumido por chamas e 110 pessoas perderam a vida.
A causa das queimadas, segundo pesquisadores da época, foi a combinação de estiagem prolongada, baixas temperaturas e queimadas agrícolas para limpeza de terrenos.

QUEIMADA LEGAL

A queimada agrícola para limpeza de áreas é um procedimento legal, mas deve ser usado com muita cautela, alerta o Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Os agricultores, além de autorização, precisam seguir as regras estipuladas pela entidade, como fazer limpezas de faixas de dois a três metros de largura na área que vai ser queimada e respeitar os limites de áreas florestais e reservas de área permanente.

Pagina 1 de 218