Quinta, 14 Março 2019 16:28

Família Krüger, de Mamborê, está entre os maiores produtores do PR

Postado por 
Avalie este item
(0 votos)
Família Krüger: investimentos altos para produção em larga escala Família Krüger: investimentos altos para produção em larga escala http://www.cvale.com.br/noticia.php?id=3070

Dezoito anos atrás, uma menininha com poucos meses de vida passava horas num berço em um cantinho de um galpão cheio de vacas em Mamborê, centro-oeste do Paraná. Era a forma que Maristela Mendes Krüger, a mãe, tinha para cuidar da filha Ivian enquanto ajudava o marido Roni a ordenhar 28 vacas duas vezes ao dia. Ivian é cinco anos mais nova que Eldrei e, assim como o irmão, cresceu em meio aos animais.

Menos de duas décadas depois, os dois jovens que cresceram com "leite nas veias" dividem com os pais as muitas tarefas do Sítio Santa Bárbara, uma propriedade de 94 hectares que, além de leite, produz soja, milho, milheto, feijão, aveia e pré-secado (silagem parcialmente desidratada e embalada por plástico especial). Ivian está cursando Medicina Veterinária e pretende permanecer na propriedade. Eldrei também iniciou o curso, mas interrompeu os estudos para ir ao Canadá conhecer a tecnologia de produção de pré-secado, que hoje aplica na produção do alimento à base de grama tifton e aveia. A família comercializa 85% das 6 mil toneladas anuais de pré-secado e faz da atividade uma importante fonte de renda.

Com 130 vacas em lactação atualmente, os Krüger produzem 3.300 litros por dia, em média, volume que faz deles os maiores produtores de Mamborê e os coloca entre os maiores do Paraná. Roni explica que a família iniciou a atividade há 26 anos e fez pesados investimentos em melhoramento genético e ambiência. A família mantém entre 120 e 130 vacas em sistema de compost barn, uma espécie de confinamento em galpão com piso de maravalha que gera maior bem-estar aos animais e permite o aproveitamento da cama para adubação de lavouras e pastagens.

Para dar conta de um rebanho total de 230 animais, os quatro integrantes da família se dividem nos trabalhos e ainda contam com seis funcionários permanentes. A produção de leite em grande escala foi a saída encontrada para manter a família unida na propriedade. "A gente viu experiências em outros países. Quem não tiver uma escala de produção muito grande, vai ter muita dificuldade para se manter", ensina Roni.

Os Krüger se associaram à C.Vale em 2009 e conseguiram crédito para a compra de uma máquina para produzir o pré-secado. "A C.Vale olha o produtor de perto, incentiva bastante a agropecuária", justifica. A cooperativa fornece sementes, fertilizantes, medicamentos e implementos à granja.

DIVISÃO DE TAREFAS

Uma espaçosa casa verde com piscina e muitas árvores próximas garante o conforto nas poucas horas de folga de que os Krüger dispõem. É lá que a família se reúne para planejar atividades e tomar decisões. "O sucesso depende de se gostar do que faz e de união", ensina Maristela. Ela participa da gestão dos negócios, mas também coloca a "mão na massa". As mulheres da casa se dedicam mais ao rebanho leiteiro já que os homens destinam parte do tempo à produção de grãos e pré-secado em 188 hectares arrendados.

Maristela mais observa do que fala durante a entrevista. A repórter da revista C.Vale lança uma provocação. "Com tanta gente dividindo tarefas, quem manda mais nessa família?" Os quatro se entreolham, sorriem, mas ninguém responde. "Eu acho que é a Maristela", prossegue a jornalista. Ivian usa de diplomacia e diz que "a gente ouve ela".

Maristela entende que os investimentos na produção de leite têm que ser constantes. "Não pense que se você faz uma melhoria, pode parar de investir. A tecnologia está aí e você tem que investir para ter retorno", comenta. Roni acrescenta que a família está melhorando a genética do rebanho apostando em vacas holandesas. A meta é elevar a produtividade de 27 litros/vaca/dia para 30 litros/vaca/dia.
Raio X Sítio Santa Bárbara

Leite: 3.300 litros/dia

Pré-secado: 6 mil toneladas/ano

Soja: 16 mil sacas/ano

Silagem: 1.870 toneladas/ano

Receita por atividade

Grãos: 30%

Pré-secado: 30%

Leite: 40%