Érico Malvezi

Érico Malvezi

 


No dia 30 de agosto, às vésperas do 15º Aniversário da criação do 19º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Toledo, foi realizado o lançamento da revista comemorativa, alusiva aos 15 Anos do 19º BPM, primeiramente em plataforma online (versão digital), sendo possível a visualização e download do arquivo.
Com pouco menos de 20 dias desde o lançamento, já somam mais de 1.200 visualizações e pouco mais de 1.300 downloads do exemplar.
A versão impressa já vem sendo distribuída e divulgada ao efetivo do batalhão, aos patrocinadores e a toda a comunidade atendida nos 23 municípios que fazem parte da área total do 19º BPM.
Acesse o link https://issuu.com/versoes/docs/19bpm_revista e conheça um pouco da nossa história, que esta resumida neste pequeno memorial, em formato de revista, que conta fatos e acontecimentos, importantes e relevantes, destes 15 anos de uma história de muito trabalho e dedicação por parte de cada integrante desta unidade valorosa na Polícia Militar do Paraná.

COMUNICAÇÃO SOCIAL / 19º BPM

 

Sanepar alerta para importância do uso racional no Distrito de Assis Chateaubriand

Nos dias de maior calor e consumo a Sanepar vai utilizar caminhão-pipa para complementar o abastecimento de água do Distrito de Bragantina, em Assis Chateaubriand. A estiagem severa, que afeta todo o Paraná, reduziu a vazão dos dois poços do distrito de 360 m³/dia para 320 m³/dia. Os moradores podem contribuir nesta época de seca fazendo o uso racional da água.
“Nesse momento de grave crise hídrica é importante que todos contribuam para a redução do consumo de água e combatam o desperdício”, diz o gerente regional Eduardo Arrosi.
A Sanepar já programou para colocar em operação um novo poço para ampliar o sistema de água no Distrito. A previsão é que em 2021 a obra já esteja concluída.
DICAS DE USO RACIONAL – Neste período atividades como lavar carros e calçadas devem ser evitadas. Outras dicas são:
- Reduza a lavagem diária de roupa. Acumule e use a capacidade máxima da máquina de lavar.
- A água do último enxágue do tanque ou da máquina pode servir para regar jardim e grama, ensaboar tapetes, tênis e outras peças.
- A água do tanque ou da máquina em que foi lavada a roupa serve para lavar calçadas e pisos. Lembre-se: lavar as calçadas com a mangueira é desperdiçar água tratada. Para “varrer” a sujeira, use a vassoura.
- Feche a cuba da pia, deixando um pouco de água. Ensaboe toda a louça e enxágue com água limpa. Não deixe a torneira aberta durante todo o tempo.
- Cinco minutos de chuveiro consomem 70 litros de água. Reduzir o tempo do banho faz muita diferença na conta.
- Reduza o tempo da torneira aberta enquanto escova os dentes, ensaboa as mãos ou faz a barba. Torneira aberta manda para o ralo 20 litros de água por minuto. Prefira vasos sanitários menores, que utilizam menos água para a descarga.

Assessoria de Imprensa

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) dá início as suas atividades em comemoração à Semana Nacional de Trânsito (SNT), que acontece anualmente entre os dias 18 e 25 de setembro, com o 1º Fórum Digital de Trânsito. O objetivo da SNT é a conscientização da sociedade sobre comportamentos que colocam em risco a vida de todos que utilizam as vias, como motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.

“A Semana Nacional de Trânsito é um dos eventos mais importantes do nosso calendário, no qual unimos forças com parceiros para fortalecer ainda mais as ações educativas voltadas à segurança no trânsito. O objetivo é chamar a atenção da sociedade sobre a conduta e atitudes corretas para manter um trânsito seguro e valorizar a vida”, comenta o diretor-geral do Detran, Wagner Mesquita.

A semana foi definida desde a criação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em 1997, que envolve diversas ações promovidas por empresas privadas, organizações, clubes e outros parceiros. O tema estabelecido para 2020 é “Perceba o risco, proteja a vida.”

CAMPANHA - Por conta da pandemia da COVID-19, a campanha de 2020 ganhou novos rumos. Com o tema “No trânsito, todos fazem parte do grupo de risco”, a intenção é mostrar que mesmo depois que a pandemia passar, o trânsito ainda vai continuar fazendo vítimas e sem preferências.

Diante da situação atual, e mesmo com uma redução de 15% no número de acidentes desde o início da pandemia, as ações não foram pausadas. Todas foram programadas para serem trabalhadas de forma digital, sem aglomerações e tomando todos os cuidados necessários no momento.

ATIVIDADES – O Fórum Digital de Trânsito do Detran terá a sua abertura no dia 18 e, a partir do dia 21 a 25, todos os dias às 10h e 14h, teremos palestras transmitidas pelas redes sociais oficiais do órgão. Cada dia as palestras terão um tema diferente: comportamento, mobilidade, educação, fiscalização e tecnologia.

Confira a programação:

Solenidade de abertura da Semana Nacional do Trânsito
Data: 18 de setembro (sexta-feira), ocorreu na manhã de hoje

Palestras do 1º Fórum Digital Detran-PR

Data: 21/09/2020
Eixo Comportamento:
10h - 11h30 - Moderador: Adilson Pieczykolan Santana (Detran)

PANORAMA DAS INFRAÇÕES DE TRÂNSITO NO PARANÁ
Marli Marlene de Souza Batagini - Coordenadora de Infrações de Trânsito do Detran-PR

COMO EXPLICAR O COMPORTAMENTO NO TRÂNSITO
Gustavo Arns de Oliveira - Idealizador do Congresso Internacional da Felicidade

SISTEMA DE SEGURANÇA NO TRÂNSITO: ASPECTOS NEUROLÓGICOS E SOCIAIS EM TEMPOS DE PANDEMIA
Dr. Fabio Eduardo da Silva - Doutor em Psicologia Social - Instituto Neuropsi (USP)

14h - 15h
PERCEPÇÃO DE RISCO E MUDANÇA DE COMPORTAMENTO NO TRÂNSITO: DESAFIO E BOAS PRÁTICAS
Cassiano Novo - Mestre em Psicologia do Trânsito (UFPR) - Diretor da Consultoria Mobilidade Segura (EAD)

Data: 22/09/2020
Eixo Mobilidade:
10h - 11h30 - Moderador: Mauro Gil Meger (ONSV)

MOBILIDADE HUMANA PARA SALVAR VIDAS
Marta Rodrigues Obelheiro - Mestre em Engenharia Civil (UFRGS), Consultora e Auditora em Mobilidade Urbana e Segurança Viária

CIDADES PARA PESSOAS
Gustavo Pinheiro Lessa Parente - Engenheiro da Gestão Cicloviária da Prefeitura de Fortaleza (CE)

MOBILIDADE EM CURITIBA DURANTE E PÓS PANDEMIA
Rosângela Maria Battistella - Engenheira Civil, Superintendente de Trânsito de Curitiba (PR)

14h - 15h
MOBILIDADE URBANA INCLUSIVA: CIDADES PARA TODAS AS IDADES
Adriana Santos de Oliveira - Pedagoga, Mestre em Políticas Públicas e Desenvolvimento, Chefe do Departamento da Política da Pessoa Idosa (SEJUF), Vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (CEDI-PR)

Data: 23/09/2020
Eixo Educação:
10h - 11h30 - Moderador: Noedy Parice M. Bertazzi (Detran)

RELATO DE EXPERIÊNCIA: PROJETO "CONTAÇÃO DE HISTÓRIA", DESENVOLVIDO E REALIZADO PELO DETRAN-PR
Dayana Chapoval Cavalli - Chefe do setor de Gestão de Ensino da Coordenadoria de Programas Educativos para o Trânsito do Detran

LITERATURA INFANTIL E VIVÊNCIAS SOBRE O CORPO HUMANO COMO PRÁTICA PEDAGÓGICA DA EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO
Roberta Montovani - Pedagoga da Montovani e Martinez Consultoria Pedagógica

A MÚSICA COMO RECURSO EDUCATIVO PARA A SEGURANÇA NO TRÂNSITO
Irene Rios - Mestre em Educação - Instituto Ousar (Univali)

14h - 15h
A EDUCAÇÃO DO SURDO NO PROCESSO DE HABILITAÇÃO VEICULAR
Érica Santos - Pedagoga especialista em Libras - Coordenadora de Ensino da Universidade do Trânsito

Data: 24/09/2020
Eixo Fiscalização:
10h - 11h30 - Moderador: Danielle Piazza (PRF)

O PAPEL DA POLÍCIA MILITAR NA FISCALIZAÇÃO DO TRÂNSITO NO ESTADO DO PARANÁ
Tenente coronel Mario Henrique do Carmo - Comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran)

A IMPORTÂNCIA DA INTEGRAÇÃO E COOPERAÇÃO DA AGÊNCIA NA FISCALIZAÇÃO DE TRÂNSITO
Josnei Fagundes Marquardt - Inspetor do Gabinete de Gestão Integrada (GGIM) e integrante do Programa Vida no Trânsito (PVT) de Foz do Iguaçu (PR)

O ASPECTO EDUCATIVO DA FISCALIZAÇÃO DE TRÂNSITO
Julyver Modesto de Araújo - Mestre em Direito (PUCSP), Conselheiro do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran) de São Paulo (SP)

14h - 15h
O OUTRO LADO DA FISCALIZAÇÃO: O QUE NÃO VEMOS
Major Marcos Galeazzi - Corpo de Bombeiros do Paraná - Coordenador da Comissão de Dados Estadual do Programa Vida no Trânsito Paraná

Data: 25/09/2020
Eixo Tecnologia:
10h - 11h30 - Moderador: Farid G. Malschitzky (Detran)

TECNOLOGIA E MOBILIDADE URBANA
Jaqueline Aparecida de Almeida - Diretora de Tecnologia e Desenvolvimento do Detran-PR;
Erica Elisa Nickel - Especialista em trânsito e Mestre em Educação (PUCPR), Coordenadora do Projeto iCities Kids - Cidade Inteligente para crianças / Agência Nacional em Mobilidade (ANAMOB);
Adriano Krzyuy - Presidente da Assespro-Paraná e Diretor de Tecnologia da Inovais

14h - 15h
GOVERNOS INTELIGENTES E INOVAÇÃO
André Telles - Certificado em Tecnology Entrepreneurship, Lab do Market na Harvard University e University of California San Diego, Pós Graduado pela FAE Business School, Assessor de Inovação da Celepar

15h - 15h15
ENCERRAMENTO DO FÓRUM

A agência de Toledo estará atendendo, mas a de Assis Chateaubriand não.

O horário de atendimento será das 08h às 12h

A CAIXA abrirá 37 agências no Paraná, neste sábado (19/09), das 8h às 12h, para atendimento a beneficiários do Auxílio Emergencial e do Saque Emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os beneficiários nascidos em janeiro poderão sacar o Auxílio Emergencial em dinheiro e os trabalhadores nascidos em maio poderão retirar em espécie os valores referentes ao Saque Emergencial do FGTS.
A relação de agências que estarão abertas pode ser conferida no site do banco: www.caixa.gov.br/agenciasabado. Todas as pessoas que procurarem atendimento durante o funcionamento das agências serão atendidas. Não é preciso chegar antes do horário de abertura.

Auxílio Emergencial – Ao todo, no sábado (19/09), terão sido pagos R$ 200,5 bilhões do Auxílio Emergencial para 67,2 milhões de brasileiros, num total de 288,3 milhões de pagamentos.

Os ciclos de crédito em conta e saques em espécie seguem até dezembro para o pagamento das cinco parcelas definidas pelo Governo Federal para o público do CadÚnico e para quem se cadastrou pelo App CAIXA | Auxílio Emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Saque Emergencial do FGTS – O Saque Emergencial do FGTS já beneficiou 55 milhões trabalhadores, com valor global de R$ 34,7 bilhões. E, a partir deste sábado (19/09), os trabalhadores nascidos em maio que tiveram o crédito do Saque Emergencial do FGTS e que não movimentaram a conta Poupança Social Digital ou que tenham saldo remanescente já poderão sacar o benefício em dinheiro. Também será possível transferir os valores, via aplicativo CAIXA Tem, para outra conta, da CAIXA ou de outras instituições financeiras.

Continua disponível ao trabalhador a opção de utilização dos recursos creditados na Poupança Social Digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços.

Já na próxima segunda-feira (21/09), a CAIXA credita o Saque Emergencial do FGTS na conta Poupança Social Digital de aproximadamente 4,9 milhões de trabalhadores nascidos no mês de dezembro. Nessa etapa, o total de recursos liberados somam cerca de R$ 3 bilhões.

Assessoria de Imprensa Regional Cascavel

Pedidos devem ser protocolados até as 19h do dia 26 de setembro
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já registrou, até as 18h desta quinta-feira (17), 25.952 pedidos de registros de candidatura para concorrer aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador nas Eleições Municipais de 2020. Desse total, 1.250 requerimentos são para o cargo de prefeito, 1.252 de vice-prefeito e 23.450 de vereador. Os partidos e coligações têm até as 19h do dia 26 de setembro para a apresentação dos pedidos à Justiça Eleitoral.
Na página de estatísticas eleitorais disponível no Portal do TSE, é possível fazer uma ampla pesquisa sobre os números de registros de candidaturas contabilizados no DivulgaCandContas. Informações sobre gênero, estado civil, faixa etária, raça, grau de instrução e profissão dos candidatos, além de dados das prestações de contas dos concorrentes podem ser acessados na página.
Até o momento, o estado com a maior quantidade de registros de candidatos ao cargo de prefeito é Minas Gerais (216), seguido pelo Rio Grande do Sul (169), Bahia (119), Pará (36) e Goiás (35). Já o partido com a maior quantidade de pedidos de candidatura para todos os cargos – somando prefeitos, vice-prefeitos e vereadores – é o PP (2.207), seguido pelo MDB (2.012) e pelo PSD (1.937).
Sessenta e sete por cento dos candidatos são do sexo masculino, sendo a maioria (15,73%) na faixa etária de 40 a 44 anos. Apenas 33% das candidaturas são de mulheres, a maioria delas (17,17%) também com idades entre 40 e 44 anos.
Do total de candidatos já registrados na Justiça Eleitoral, 16,20% estão na faixa etária de 40 a 44 anos; 15,28% têm entre 45 e 49 anos de idade; e 14,34%, entre 50 e 54 anos.
As estatísticas eleitorais trazem ainda dados sobre o grau de instrução dos candidatos às próximas eleições. Trinta e sete e meio por cento têm o ensino médio completo; 26,53% concluíram o ensino superior; 12,33% possuem o ensino fundamental incompleto; e 11,76% completaram o ensino fundamental.
Quanto à cor/raça, do total de candidatos já registrados, 52,93% se declararam brancos; 34,79% são pardos; e 9,95% se declararam negros.
Os servidores públicos municipais representam 7,21% dos candidatos aos cargos eletivos. Já 6,9% são agricultores; 6,62% são empresários; e 17,61% informaram ter outras profissões.
Sistema de Candidaturas
Por meio do Sistema de Candidaturas – Módulo Externo (CANDex), disponível no Portal do TSE, ou pessoalmente nos respectivos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), os partidos políticos devem inserir os dados biográficos dos candidatos, o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) e o Requerimento de Registro de Candidatura (RRC) ou o Requerimento de Registro de Candidatura Individual (RRCI).
Para as Eleições Municipais de 2020, o sistema CANDex trouxe algumas novidades. Entre elas, está a sincronização dos dados com a Justiça Eleitoral à medida que são salvos (se houver conexão com a internet); a transmissão via internet das atas das convenções partidárias; a possibilidade de transmissão, pela internet, de pedido de registro de candidatura até às 8h do dia 26 de setembro; e a disponibilização de uma versão do sistema para treinamento.
TSE

Nos termos do Decreto Estadual nº 5381 de 24 de Outubro de 2016 ficam convocadas as eleições para a nova gestão do CONSEG- Conselho Comunitário de Segurança de Assis Chateaubriand, a funcionar no município de Assis Chateaubriand, com mandato para o biênio 2020-2022. A presidência do processo eleitoral será exercida conjuntamente pelos membros natos da Polícia Militar, Polícia Civil do CONSEG.
As chapas concorrentes deverão ser apresentadas por requerimento protocolado junto aos membros natos. O período foi iniciado no dia 10 de setembro e segue até o inicio da eleição, na 48ª DRP- Delegacia Regional de Polícia. Caso haja disputa de chapas, as eleições ocorrerão no dia 13 de outubro de 2020, com inicio previsto para as 19h e termino às 21h, no auditório municipal.
Para se candidata é necessário morar, trabalhar ou estudar no município de Assis Chateaubriand, ser voluntário, ter idade mínima de 18 anos, ter conduta ilibada e idoneidade moral , a ser conferida pela Confederação Estadual dos CONSEGS, necessária para o exercício das funções junto ao CONSEG.
Poderão votar e ser votados os membros das chapas participantes e a comunidade que por meio de comprovante, residir ou trabalhar no município de Assis Chateaubriand e ter idade mínima de 18 anos.
A composição mínima de chapa concorrente ao processo eleitoral será de presidente, vice-presidente, 1º secretário, 2º secretário (opcional), 1º tesoureiro, 2º tesoureiro (opcional ) e três membros para o conselho fiscal( opcional).
No caso de apenas uma chapa se habilitar ao processo eleitoral, a eleição se dará por aclamação, no mesmo dia, horário no auditório municipal.

Sexta, 18 Setembro 2020 07:06

Fome aumenta no Brasil

O nível de insegurança alimentar bate recorde no Brasil. Isto significa que, cada vez mais, falta comida na mesa do brasileiro. A carência de alimentos básicos – arroz, feijão, batata – é verificada em quatro de cada dez residências. São quase 84 milhões de pessoas vivendo sem saber ao certo o que vão comer no dia seguinte. E a situação é pior ainda para dez milhões de brasileiros. Estes podem, sim, ser chamados de famintos – porque vivem com baixíssima perspectiva em relação a um prato de comida.
Os dados são do IBGE e foram coletados entre os anos de 2017 a 2018. E fica o alerta: metade das crianças menores de cinco anos de idade – ou quase sete milhões de meninos e meninas – moram em uma casa onde se passa fome em alguns dias da semana.

BR MAIS NEWS

Sexta, 18 Setembro 2020 06:57

INSS limita antecipação do BPC

O INSS decidiu limitar os pedidos de antecipação do Auxílio-Doença e de Benefício de Prestação Continuada, o BPC. As solicitações poderão ser feitas até o dia 31 de outubro. E a promessa é pagar até o dia 31 de dezembro. O INSS alega que a prorrogação tem como objetivo evitar a aglomeração para atendimento presencial nas agências. A lei estabelecia o prazo de três meses, a partir de abril, para o pagamento de seiscentos reais para beneficiários do BPC e de um salário-mínimo por mês para o auxílio-doença, sem necessidade de perícia médica.
Agora, o prazo vai até o final do ano. O BPC é destinado a pessoas com deficiência e idosos, acima de 65 anos, que tenham renda mensal bruta individual de até um quarto do salário mínimo, ou seja 261 reais e 25 centavos. O auxílio-doença é um benefício por incapacidade devido ao segurado do INSS que comprove estar temporariamente incapaz para o trabalho em decorrência de doença ou acidente.
Para solicitar a antecipação do benefício do Auxílio-Doença, o segurado deve anexar atestado médico junto ao requerimento, mediante declaração de responsabilidade pelo documento apresentado, por meio do portal ou aplicativo meu INSS.
BR MAIS NEWS

As regras para a concessão do auxílio emergencial residual de R$ 300 foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) dessa quarta-feira (16).
O Decreto nº 10.488 regulamenta a Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020, que concede o auxílio emergencial residual de R$ 300 ou R$ 600 para mães solteiras.
Instituído em abril, para conter os efeitos da pandemia sobre a população mais pobre e os trabalhadores informais, o auxílio emergencial começou com parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200 (no caso das mães chefes de família), por mês, a cada beneficiário. Inicialmente projetado para durar três meses, o auxílio foi estendido para o total de cinco parcelas. E a partir de hoje, será pago o auxílio emergencial residual no valor de R$ 300 em até quatro parcelas mensais.
Os primeiros a receber serão os beneficiários do Bolsa Família. Segundo a Caixa, 12,6 milhões de famílias cadastradas no Programa Bolsa Família receberão o novo do benefício a partir de hoje. De acordo com o decreto, o calendário de pagamentos do auxílio emergencial residual será idêntico ao de pagamentos vigente para as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família.
No total, as parcelas de R$ 300 serão pagas para mais de 16,3 milhões de pessoas, no montante de R$ 4,3 bilhões. Portaria também publicada na edição extra do DOU define que a Caixa fica responsável por divulgar o calendário de pagamentos do auxílio emergencial residual definido pelo Ministério da Cidadania para os beneficiários que não são cadastrados no Bolsa Família. A Caixa ainda não divulgou o novo calendário.
Parcelas
O auxílio emergencial residual será devido até 31 de dezembro de 2020, independentemente do número de parcelas recebidas pelo beneficiário. O número de parcelas dependerá da data de concessão do auxílio emergencial residual, limitado a quatro parcelas.
Segundo o Ministério da Cidadania, quem começou a receber o auxílio emergencial em abril terá direito às quatro parcelas. Quem passou a receber a partir de julho, por exemplo, terá direito às cinco parcelas de R$ 600 e a mais uma parcela do novo benefício (de R$ 300), que será paga no mês de dezembro.
Critérios
O decreto define que o auxílio residual não será devido ao trabalhador que:
I - tenha vínculo de emprego formal ativo adquirido após o recebimento do auxílio emergencial;
II - receba benefício previdenciário ou assistencial ou benefício do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, adquirido após o recebimento do auxílio emergencial, ressalvados os benefícios do Programa Bolsa Família;
III - aufira renda familiar mensal per capita (por pessoa) acima de meio salário mínimo e renda familiar mensal total acima de três salários mínimos;
IV - seja residente no exterior;
V - tenha recebido, no ano de 2019, rendimentos tributáveis (Imposto de Renda) acima de R$ 28.559,70;
VI - tinha, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, incluída a terra nua, de valor total superior a R$ 300.000;
VII - tenha recebido, no ano de 2019, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40.000;
VIII - tenha sido incluído, no ano de 2019, como dependente de declarante do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física como cônjuge, companheiro com o qual o contribuinte tenha filho ou com o qual conviva há mais de cinco anos ou filho ou enteado com menos de 21 anos de idade ou com menos de 24 anos de idade que esteja matriculado em estabelecimento de ensino superior ou de ensino técnico de nível médio;
IX - esteja preso em regime fechado;
X - tenha menos de 18 anos de idade, exceto no caso de mães adolescentes; ou
XI - possua indicativo de óbito nas bases de dados do Governo federal.
O decreto diz ainda que não estão impedidos de receber o auxílio emergencial residual estagiários, residentes médicos e multiprofissionais, beneficiários de bolsa de estudos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Fundo de Financiamento Estudantil.
O decreto também define que é obrigatória a inscrição do trabalhador no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) para o pagamento do auxílio emergencial residual e a sua situação deverá estar regularizada junto à Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil do Ministério da Economia. A exceção é para o caso de trabalhadores integrantes de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, que poderão receber por meio do número de inscrição no CPF ou do Número de Identificação Social (NIS).
O recebimento do auxílio emergencial residual está limitado a duas cotas por família. A mãe solteira receberá duas cotas do auxílio emergencial residual.
As parcelas de R$ 300 serão pagas apenas para quem já têm o auxílio emergencial. Ou seja, os trabalhadores que não são beneficiários do auxílio emergencial não poderão solicitar o auxílio emergencial residual.
O pagamento das parcelas residuais serão pagas automaticamente, independentemente de requerimento.
O decreto define que caso não seja possível verificar a elegibilidade ao auxílio emergencial residual em razão da ausência de informações fornecidas pelo Poder Público, serão devidas, de forma retroativa, as parcelas a que o trabalhador tiver direito.
Agência Brasil

Na tarde de quarta-feira, (16), Militares do Exército Brasileiro e BPFRON - Batalhão de Polícia de Fronteira em ação da Operação ÁGATA/HÓRUS/DIVISA INTEGRADA, apreenderam drogas em Guaíra. Em abordagem a um táxi de cor prata, com dois ocupantes, foram encontrados 19,7 kg de substância análoga a maconha em uma mala no porta malas do veículo. Condutor, passageiro, veículo e maconha foram encaminhados aos procedimentos cabíveis.
Participam da Operação HÓRUS, que faz parte do Programa V.I.G.I.A.: PMPR, PF, PCPR, FNSP e EB, coordenada pela SEOPI – Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública.
Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.
Comunicação Social do BPFRON

Pagina 1 de 227