GERAL TRÂNSITO

Ponte entre Central Santa Cruz e Jotaesse está liberada

Local foi interditado após estrutura desabar na última terça-feira (16), causando acidente com veículo que caiu na cratera.

23/04/2024 às 08h49 Atualizada em 24/04/2024 às 10h19
Por: Redação Vale Verde
Compartilhe:
Assessoria/Amilcar J. Bueno
Assessoria/Amilcar J. Bueno

Em menos de uma semana de trabalho intenso, a Prefeitura de Cafelândia liberou, na tarde de sábado (20), a nova ponte que desabou na noite da última terça-feira (16), entre os distritos de Central Santa Cruz e Jotaesse, após as fortes chuvas registradas na região entre os dias 14 e 16.

Logo após o desmoronamento, enquanto ainda chovia, um motorista não percebeu a cratera na estrada e caiu com o veículo num córrego que deságua no Rio Central Jesuíta, que passa no limites dos municípios de Cafelândia e Tupãssi.

O Chevrolet/Ônix ficou destruído ao parar com as quatro rodas para cima. Felizmente, o condutor sofreu apenas ferimentos leves e foi atendimento numa unidade de saúde.

O rapaz, que é professor da rede municipal de ensino de Cafelândia e trabalha com categorias de base de futebol na cidade, estava sozinho no carro e conseguiu sair da cratera pelo meio do mato para avisar os pais, que foram até o local para ajudar o filho.

Ele seguia sentido à PR-486 e retornava para Cascavel, onde reside. De acordo com as informações, ao tomar conhecimento sobre a interdição do trecho, sua mãe tentou avisá-lo, mas quando conseguiu contato, o filho disse que já estava dentro do buraco.

Toda a estrutura da ponte foi refeita, desde a base até as manilhas, agora de tamanho maior, facilitando o escoamento de água.

A rapidez na entrega da obra só foi possível devido à dedicação da equipe conjunta das Secretarias de Viação e Obras, Planejamento e Agricultura e Meio Ambiente.

Esse é um trecho onde normalmente corre pouca água, mas em situações extremas não comportava o volume de água. Agora com a estrutura nova, a ponte ficou mais segura. Parabéns a toda a equipe, isso mostra que a união sempre gera bons resultados”, complementa o prefeito Dr. Culestino.

A estrada rural é muito utilizada por motoristas que transitam entre as cidades de Cafelândia, Tupãssi, Cascavel, Nova Aurora, Assis Chateaubriand, Formosa do Oeste e Iracema do Oeste.

O trecho ganhou grande movimento, após ser asfaltado e virou rota alternativa para evitar passagem pelo pedágio da BR-369, em Corbélia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários