Carlos Militão

Carlos Militão

O município de Assis Chateaubriand vai dar sequência a vacinação contra Covid-19. A Secretaria de Saúde recebeu 370 doses, entregues pela 20ª Regional de Saúde. Ainda conforme detalhes outras 450 para segunda dose
 
A vacinação será retomada em idosos com 66 anos no período das 08h30 até às 12h. A partir das 13h30 até às 17h30, será iniciado a vacinação em idosos com 65 anos, até quando terminarem as doses enviadas.
 
De acordo com o Secretário Fabio Fantin Camilo, a vacinação dos idosos com 65 anos vai seguir até terminar as doses enviadas. “Vamos dar sequencia na vacinação e terminando as doses, infelizmente nós iremos parar e futuramente será feito uma nova convocação”, destacou Fábio.
 
A secretaria de saúde continua realizando a vacinação de segunda dose. “Na próxima semana muitos idosos estarão sendo imunizados com a segunda dose e é de extrema importância que tragam a carteira de vacina com os dados de recebimento da primeira dose, pois trata-se de um documento”, finalizou o secretário.
 
A vacina está sendo realizada no Centro de Convenções da Prefeitura (Auditório Municipal), e também em sistema de drive-thru, em frente à rampa de acesso à entrada. São quatro equipes trabalhando na vacinação.
 
Para receber a dose é necessário que o idoso tenha consigo, cartão SUS, CPF, documento com foto e comprovante de residência.

 

9 novos casos de Covid-19 foram confirmados pela Secretaria de Saúde de Assis Chateaubriand, através do novo boletim divulgado com dados desta quinta-feira (8), totalizando agora 2.840 pessoas contaminadas.
 
Destas, 2.584 estão curadas. Entre os resultados positivos estão 7 mulheres (entre 19 e 77 anos) e 2 homens com 21 e 39 anos.
 
Dos 198 pacientes atualmente em tratamento, moradores de Assis Chateaubriand, 15 estão internados na UTI Hospital Beneficente Moacir Micheletto e outros 4 em enfermaria. Enquanto 179 seguem tratamento domiciliar com determinação da Vigilância Sanitária para que mantenham isolamento social. Eles assinaram o Termo de Notificação e Consentimento, onde são alertados das consequências administrativas e criminais previstas em decreto municipal e no Código Penal Brasileiro, caso sejam flagrados descumprindo o isolamento durante o período estabelecido pelos profissionais de saúde.
 
Ainda conforme o novo boletim há 25 casos suspeitos em investigação e o total de exames com resultados negativos é de 2.670.
 
Mortes
 
Assis Chateaubriand registrou 58 óbitos por complicações da Covid-19:
 
Mulheres
 
Sendo vinte e seis mulheres com 71, 79, 37, 88, 57, 78, 77, 68, 81, 75, 42, 49, 66, 69, 72, 57,60, 87, 82, 68, 49, 73, 64, 81, 65 e 53 anos, nos dias 28 de agosto, 4 e 5 de junho, 3 de novembro, 4, 18 e 30 de dezembro, 2 ,16, 28 de janeiro, 27 de fevereiro e dois óbitos no dia 11/03, 14, 16, 17 e dois óbitos no dia 18, dois óbitos no dia 19, 24, 27, três no dia 31 de março em 1 e 5 de abril de 2021.
 
Homens
 
Trinta e dois homens de 64, 67, 75, 73, 77, 85, 73, 74, 69, 70, dois com 79, 80, 67, 82, 74, 82, 80,78, 41, 47, 28, 53, 36, 79, 80, 93,54 57, 64, 84 e 67 anos, ocorridos nos dias 15, 19 e 26 de dezembro, 25 e 12 de setembro e 13, 14 de julho, 2, 5, 6, 7 ,10, 21, 26, 31 de janeiro, 8 e 12 de fevereiro, 2, 4 ,5, 19 e dois no dia 20 e outros dois confirmados no dia 25 e um no dia 26, um no dia 27, outro no dia 28, 29 de março e outros dois no dia 2 de abril.

 


A Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira (8) um prêmio estimado em R$ 22 milhões.As seis dezenas do concurso 2.360 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.
 
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país ou pela internet. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.
Por Agência Brasil - Brasília
Edição: Kleber Sampaio

9 novos casos de Covid-19 foram confirmados pela Secretaria de Saúde de Assis Chateaubriand, através do novo boletim divulgado com dados desta Quarta-feira (7), totalizando agora 2.831 pessoas contaminadas. 
Destas, 2.559 estão curadas. Entre os resultados positivos estão 5 mulheres (entre 29 e 73 anos) e 4 homens (entre 21 e 64 anos).
Dos 214 pacientes atualmente em tratamento, moradores de Assis Chateaubriand, 15 estão internados na UTI Hospital Beneficente Moacir Micheletto e outros 4 em enfermaria. Enquanto 195 seguem tratamento domiciliar com determinação da Vigilância Sanitária para que mantenham isolamento social. Eles assinaram o Termo de Notificação e Consentimento, onde são alertados das consequências administrativas e criminais previstas em decreto municipal e no Código Penal Brasileiro, caso sejam flagrados descumprindo o isolamento durante o período estabelecido pelos profissionais de saúde.
Ainda conforme o novo boletim há 33 casos suspeitos em investigação e o total de exames com resultados negativos é de 2.660. 
Mortes 
Assis Chateaubriand registrou 58 óbitos por complicações da Covid-19:
Mulheres
Sendo vinte e seis mulheres com 71, 79, 37, 88, 57, 78, 77, 68, 81, 75, 42, 49, 66, 69, 72, 57,60, 87, 82, 68, 49, 73, 64, 81, 65 e 53 anos, nos dias 28 de agosto, 4 e 5 de junho, 3 de novembro, 4, 18 e 30 de dezembro, 2 ,16, 28 de janeiro, 27 de fevereiro e dois óbitos no dia 11/03, 14, 16, 17 e dois óbitos no dia 18, dois óbitos no dia 19, 24, 27, três no dia 31 de março em 1 e 5 de abril de 2021. 
Homens
Trinta e dois homens de 64, 67, 75, 73, 77, 85, 73, 74, 69, 70, dois com 79, 80, 67, 82, 74, 82, 80,78, 41, 47, 28, 53, 36, 79, 80, 93,54 57, 64, 84 e 67 anos, ocorridos nos dias 15, 19 e 26 de dezembro, 25 e 12 de setembro e 13, 14 de julho, 2, 5, 6, 7 ,10, 21, 26, 31 de janeiro, 8 e 12 de fevereiro, 2, 4 ,5, 19 e dois no dia 20 e outros dois confirmados no dia 25 e um no dia 26, um no dia 27, outro no dia 28, 29 de março e outros dois no dia 2 de abril.

 
Com a previsão de resultar em investimentos de R$ 10 bilhões, o governo promoverá nesta semana o leilão de 22 aeroportos, uma ferrovia e cinco terminais portuários. Chamada pelo governo de Infra Week, a semana de leilões começa hoje (7), com a concessão dos terminais aéreos à iniciativa privada por 30 anos.
 
Divididos em três blocos regionais, os aeroportos serão leiloados a partir das 10h na sede da B3, em São Paulo. Os lances mínimos serão de R$ 130,2 milhões pelo Bloco Sul, R$ 47,8 milhões pelo Bloco Norte e R$ 8,1 milhões pelo Bloco Central.
 
Vencerão os consórcios que oferecerem o maior ágio sobre o preço mínimo de cada bloco. Os valores – lance mínimo mais ágio – serão pagos imediatamente após o leilão. A partir do quinto ano de contrato, os consórcios terão de pagar ao governo um percentual da receita obtida a cada ano, até o fim do contrato.
 
Integram o Bloco Sul os aeroportos de Curitiba, Foz do Iguaçu (PR), Londrina (PR), Navegantes (SC), Joinville (SC), Bacacheri (PR), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS). O Bloco Central é composto pelos aeroportos de Goiânia, São Luís, Imperatriz (MA), Teresina, Palmas e Petrolina (PE). Fazem parte do Bloco Norte os aeroportos de Manaus, Tabatinga (AM), Tefé (AM), Porto Velho, Rio Branco, Cruzeiro do Sul (AC), e Boa Vista.
 
Os 22 aeroportos a serem leiloados correspondem a 11% do tráfego aéreo nacional de passageiros, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O governo estima investimentos de R$ 6,1 bilhões nos aeroportos concedidos à iniciativa privada, dos quais R$ 2,8 bilhões no Bloco Sul, R$ 1,8 bilhão no Bloco Central e R$ 1,4 bilhão no Bloco Norte.
 
Outros leilões
Já o terminal do porto de Pelotas (RS) é voltado para carga em geral, em especial toras de madeira, contribuindo para a cadeia logística da produção de celulose, e tem uma área de cerca de 23 mil m².
 
Segundo o Ministério da Infraestrutura, as concessões dos terminais portuários devem resultar em investimentos de R$ 600 milhões pela iniciativa privada em modernização e melhorias. Vencerá a disputa quem oferecer o maior valor de outorga.
Por Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil - Brasília
Edição: Graça Adjuto

A Secretaria de Saúde de Assis Chateaubriand confirmou nesta terça-feira o 58º óbito por complicações do Covid-19. Trata-se de uma mulher com 53 anos, portadora de diabetes e hipertensão arterial. Teve início de sintomas no dia 20/02, sendo mialgia, náusea e cefaleia. Procurou o ambulatório Covid-19 no dia 23/02, onde coletou exame e testou positivo. Com a piora dos sintomas foi hospitalizada no dia 01/03, onde permaneceu na UTI e ontem segunda-feira (5), infelizmente não resistiu e entrou em óbito.  
O Município de Assis Chateaubriand lamenta o óbito desta chateaubriandense e transmite os mais sinceros sentimentos de pesar à família e amigos!
Boletim desta terça-feira (6)
7 novos casos de Covid-19 foram confirmados pela Secretaria de Saúde de Assis Chateaubriand, através do novo boletim divulgado com dados desta terça-feira (6), totalizando agora 2.822 pessoas contaminadas. 
Destas, 2.559 estão curadas. Entre os resultados positivos estão 4 mulheres (entre 29 e 69 anos) e 3 homens (entre 13 e 39 anos).
Dos 205 pacientes atualmente em tratamento, moradores de Assis Chateaubriand, 14 estão internados na UTI Hospital Beneficente Moacir Micheletto e outros 7 em enfermaria. Enquanto 184 seguem tratamento domiciliar com determinação da Vigilância Sanitária para que mantenham isolamento social. Eles assinaram o Termo de Notificação e Consentimento, onde são alertados das consequências administrativas e criminais previstas em decreto municipal e no Código Penal Brasileiro, caso sejam flagrados descumprindo o isolamento durante o período estabelecido pelos profissionais de saúde.
Ainda conforme o novo boletim há 29 casos suspeitos em investigação e o total de exames com resultados negativos é de 2.653. 
Mortes 
Assis Chateaubriand registrou 58 óbitos por complicações da Covid-19:
Mulheres
Sendo vinte e seis mulheres com 71, 79, 37, 88, 57, 78, 77, 68, 81, 75, 42, 49, 66, 69, 72, 57,60, 87, 82, 68, 49, 73, 64, 81, 65 e 53 anos, nos dias 28 de agosto, 4 e 5 de junho, 3 de novembro, 4, 18 e 30 de dezembro, 2 ,16, 28 de janeiro, 27 de fevereiro e dois óbitos no dia 11/03, 14, 16, 17 e dois óbitos no dia 18, dois óbitos no dia 19, 24, 27, três no dia 31 de março  em 1 e 5 de abril de 2021. 
Homens
Trinta e dois homens de 64, 67, 75, 73, 77, 85, 73, 74, 69, 70, dois com 79, 80, 67, 82, 74, 82, 80,78, 41, 47, 28, 53, 36, 79, 80, 93,54 57, 64, 84 e 67 anos, ocorridos nos dias 15, 19 e 26 de dezembro, 25 e 12 de setembro e 13, 14 de julho, 2, 5, 6, 7 ,10, 21, 26, 31 de janeiro, 8 e 12 de fevereiro, 2, 4 ,5, 19 e dois no dia 20 e outros dois confirmados no dia 25 e um no dia 26, um no dia 27, outro no dia 28, 29 de março e outros dois no dia 2 de abril.

 
O trabalhador que teve a nova rodada do auxílio emergencial negada tem até 12 de abril para contestar a decisão, informou o Ministério da Cidadania. Os pedidos devem ser feitos no Portal de Consultas da Dataprev, que fornece a relação de quem teve o benefício liberado em 2021.
 
A contestação, no entanto, não pode ser feita por qualquer beneficiário. Só pode pedir a reativação do benefício quem recebia o auxílio emergencial de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado. O prazo para novos pedidos de benefícios acabou em 3 de julho do ano passado e não foi reaberto para a nova rodada.
 
O pedido de contestação pode ser feito após o trabalhador fazer a consulta no site da Dataprev, estatal que cadastra os dados dos beneficiários, e constatar que teve o benefício cancelado. Caso o resultado dê “inelegível”, a própria página oferecerá a opção de “contestar”, bastando o trabalhador clicar no botão correspondente.
 
O sistema aceitará somente pedidos considerados passíveis de contestação, que permitem a atualização das bases de dados da Dataprev, como data de nascimento errada, CPF não identificado e informações incorretas sobre vínculos empregatícios e recebimento de outros benefícios sociais e trabalhistas. O prazo de contestação começou no dia 2 e seguirá por dez dias corridos, até o próximo dia 12.
 
Reavaliação
O Ministério da Cidadania também esclarece que, mesmo após o recebimento da primeira parcela, o auxílio emergencial pode ser cancelado. O governo fará um pente fino constante para verificar eventuais inconsistências ou irregularidades no pagamento do benefício.
 
Caso o pagamento seja cancelado, o beneficiário também poderá contestar a decisão no site da Dataprev. Também é possível reverter o cancelamento por meio de decisão judicial ou de processamentos de ofício realizados pelo Ministério da Cidadania.
 
A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.
Por Wellton Máximo – Repórter da Agencia Brasil - Brasília
Edição: Valéria Aguiar

Cerca de 45,6 milhões de brasileiros começam a receber hoje (6) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.
 
O auxílio será pago a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.
 
O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo na semana passada. Hoje começam a receber os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em janeiro. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.
 
Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.
 
A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF e os critérios de desempate dentro da mesma família para ter acesso ao auxílio.
Por Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil - Brasília
Edição: Graça Adjuto

 
O Sistema de Seleção Unificado (Sisu), do Ministério da Educação, começa a receber nesta terça-feira (6) inscrições para o primeiro semestre de 2021. Até sexta-feira (9) serão exigidos para esta seleção, exclusivamente, a nota do candidato no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020.
 
Para se inscrever no Sisu,  o interessado não pode ter zerado a redação do Enem 2020. Já o peso de cada prova para o curso de escolha varia e deve ser consultado no edital da instituição superior de interesse ou no site do Sisu. As notas individuais do Enem 2020, que foram divulgadas na semana passada, estão disponíveis para consulta na Página do Participante ou aplicativo do Enem.
 
Inscrições
Os interessados em participar do Sisu devem manifestar interesse em até duas opções de curso/instituição e especificar a ordem de preferência. Ele poderá optar por concorrer às vagas de ampla concorrência ou aquelas reservadas a políticas de ações afirmativas, as cotas. Pelas regras, não é permitida a inscrição em mais de uma modalidade de concorrência para o mesmo curso e turno, na mesma instituição de ensino e local de oferta.
 
Pela página do Sisu será possível checar a nota de corte para cada instituição participante, local de oferta, curso, turno e modalidade de concorrência. Os dados serão atualizados periodicamente conforme o processamento das inscrições. Durante esse período, o estudante pode alterar as suas opções e até cancelar a inscrição. A classificação no Sisu será feita com base na última alteração efetuada e confirmada no sistema.
 
Resultado
O resultado para a única chamada do Sisu será divulgado em 13 de abril. Em caso de notas idênticas, a partir dos critérios de classificação, o desempate será feito no momento da matrícula e será selecionado o candidato que comprovar a menor renda familiar. O processo de matrícula será de 14 a 19 de abril, em dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição de ensino.
 
Lista de espera
Para participar da lista de espera, o estudante deverá manifestar seu interesse por meio da página do Sisu na internet, no período de 13 a 19 de abril, em apenas um dos cursos para o qual optou por concorrer. Quem já foi selecionado na chamada regular em uma de suas opções de vaga não poderá participar da lista de espera, independentemente de ter realizado ou não sua matrícula na instituição. As regras para preenchimento das vagas não ocupadas na chamada regular serão definidas em edital próprio de cada instituição de ensino participante.
 
Histórico
O Sisu é o programa do Ministério da Educação para acesso de brasileiros a um curso de graduação em universidades públicas do país. As vagas são abertas semestralmente, por meio de um sistema informatizado, e os candidatos com melhor classificação são selecionados de acordo com suas notas no Enem. O estudante também não pode ter zerado a redação.
 
Além do Sisu, as notas do Enem podem ser usadas para o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo em instituições privadas, e para acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), para financiamento de cursos de ensino superior.
 
Por Karine Melo - Repórter da Agência Brasil - Brasília
 
Edição: Maria Claudia

Seis novos casos de Covid-19 foram confirmados pela Secretaria de Saúde de Assis Chateaubriand, através do novo boletim divulgado com dados desta segunda-feira (5), totalizando agora 2.815 pessoas contaminadas. 
Destas, 2.559 estão curadas. Entre os resultados positivos estão 1 mulher com 52 anos e 5 homens (entre 18 a 79 anos).
Dos 199 pacientes atualmente em tratamento, moradores de Assis Chateaubriand, 16 estão internados na UTI Hospital Beneficente Moacir Micheletto e outros 6 em enfermaria. Enquanto 177 seguem tratamento domiciliar com determinação da Vigilância Sanitária para que mantenham isolamento social. Eles assinaram o Termo de Notificação e Consentimento, onde são alertados das consequências administrativas e criminais previstas em decreto municipal e no Código Penal Brasileiro, caso sejam flagrados descumprindo o isolamento durante o período estabelecido pelos profissionais de saúde.
Ainda conforme o novo boletim há 15 casos suspeitos em investigação e o total de exames com resultados negativos é de 2.653. 
Mortes 
Assis Chateaubriand registrou 57 óbitos por complicações da Covid-19:
Mulheres
Sendo vinte e cinco mulheres com 71, 79, 37, 88, 57, 78, 77, 68, 81, 75, 42, 49, 66, 69, 72, 57,60, 87, 82, 68, 49, 73, 64, 81 e 65 anos, nos dias 28 de agosto, 4 e 5 de junho, 3 de novembro, 4, 18 e 30 de dezembro, 2 ,16, 28 de janeiro, 27 de fevereiro e dois óbitos no dia 11/03, 14, 16, 17 e dois óbitos no dia 18, dois óbitos no dia 19, 24, 27, três no dia 31 de março e em 1 de abril de 2021. 
Homens
Trinta e dois homens de 64, 67, 75, 73, 77, 85, 73, 74, 69, 70, dois com 79, 80, 67, 82, 74, 82, 80,78, 41, 47, 28, 53, 36, 79, 80, 93,54 57, 64, 84 e 67 anos, ocorridos nos dias 15, 19 e 26 de dezembro, 25 e 12 de setembro e 13, 14 de julho, 2, 5, 6, 7 ,10, 21, 26, 31 de janeiro, 8 e 12 de fevereiro, 2, 4 ,5, 19 e dois no dia 20 e outros dois confirmados no dia 25 e um no dia 26, um no dia 27, outro no dia 28, 29 de março e outros dois no dia 2 de abril.